TUGAZOMBI

cadáver semi-frio com cereja na terceira narina

sábado, novembro 05, 2005

um poema abandonado à nascença. procuramos o seu progenitor. agradecemos a reivindicação do seu autor!

"...um sonho inteiro interior extremo insidioso
o sonho do ainda não sonhado
apenas bebido nos lençois sedosos
dos líquidos absurdos
suspiros abraços
dos braços perdidos estalados feridos amordaçados
na boca do luar na flor do deserto na poeira do fundo da terra..."

isa: pressuposta mãe-adoptiva...
o (a) autor(a) que se manifeste!

2 Comments:

Blogger Pinto Ribeiro said...

bom dia, KAMARADA. EU num sei....

5:05 da tarde  
Blogger Mendes Ferreira said...

Bom, eu acho que sei, embora....prontos...confesso: deixei-o à tua porta por saber que cuidas bem das palavras. mesmo daquelas que mal sabem dizer de onde vieram....(foram escritas com névoa e sílabas perdidas). beijo-te. ternamente.

P.S. cuida de ti.

5:55 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home