TUGAZOMBI

cadáver semi-frio com cereja na terceira narina

sábado, dezembro 24, 2005

1

de romper cadências da chuva – a testa
fulminante arabesco a sonhar demónios de saias

o útero da chaminé abre-se com
fugazes melodias de insectos despromovidos
em cada clareira
um mural
em cada haste em L vertendo
céus de demasia líquida
e instaura-se o centro da maternidade do cacto
de maternidade arbórea a luzir em qualquer sonho

sem que morra a ânsia de acordar

e na cabine homem e mulher olham a estrada
olham-na
engolem-na no limite visual
sob o alcatrão
flashes contínuos da contínua improbabilidade
da viagem

para lá do vidro algo espreita
acima das cabeças
alcatrão volátil
incolor acima das cabeças – a latência eminente
dum beijo de morte

homem e mulher impávidos
agrestes beijam esquinas
mantêm a expressão inicial do rosto
em acrílico tempo de menos a menos vivido
e largam cinzas do embrião sonhado
voam
queimam-se na névoa do alcatrão volátil

homem e mulher na cabine
olham
desovam tristeza
esparramada na chapa crua cruel inabitável
do alcatrão espasmado

– duas árvores secas
Porfírio Al Brandão
in episódios

6 Comments:

Blogger TMara said...

restrata-nos, humanos, num mmt ou outro, dentro dos habitáculos. E pq retrata dói.

um muito feliz dia de Natal. Bjocas de luz e paz

8:28 da manhã  
Blogger TMara said...

restrata-nos, humanos, num mmt ou outro, dentro dos habitáculos. E pq retrata dói.

um muito feliz dia de Natal. Bjocas de luz e paz

8:28 da manhã  
Blogger TMara said...

é: retrata-nos!

8:28 da manhã  
Blogger duendenery said...

uma casa chamada terra.e os pulmões respirando e comendo.asa crianças também têm a boca negra e cegam. e são árduas e intactas.dentro de mim fulgura uma coroa fechada sobre a radiação das veias. as clareiras são os olhares de Deus e todas as minhas vísceras inocentes. que no fundo da noite há o aroma rosáceo e todo o Inferno da lenha e o pão entre as mãos.leva-me o coração como se fosse unânime de cantos.

sinto-me impossível de ficar harmoniosa com o mundo.mas hoje...bji El Porfírio :)

11:39 da manhã  
Blogger sonia r. said...

Bom dia. Gostei muito do presente. Bjos.
Feliz Natal.

1:30 da tarde  
Blogger sonia r. said...

Feliz Natal, um beijo da Constança.

1:52 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home