TUGAZOMBI

cadáver semi-frio com cereja na terceira narina

segunda-feira, dezembro 26, 2005

uma casa chamada terra. e os pulmões respirando e comendo. as crianças também têm a boca negra e cegam. e são árduas e intactas. dentro de mim fulgura uma coroa fechada sobre a radiação das veias. as clareiras são os olhares de Deus e todas as minhas vísceras inocentes. que no fundo da noite há o aroma rosáceo e todo o Inferno da lenha e o pão entre as mãos. leva-me o coração como se fosse unânime de cantos.
Cristina Néry
inédito

2 Comments:

Blogger duendenery said...

obrigada.bji

1:28 da tarde  
Blogger duendenery said...

aaah...Fui obrigada a republicar o meu blog.
Mudou:http://poetadosduendes.blogspot.com/

bji gd e...saudades.

3:27 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home