TUGAZOMBI

cadáver semi-frio com cereja na terceira narina

segunda-feira, janeiro 30, 2006

8

rumo à linha onde precipício me engulo
pulsam vértices orgânicos
de tossir picadas
e alinhá-las segundo a estirpe

figuro comida num ágil apodrecimento
orbitam mazelas que encaixam húmus
peso abominável ao mapa de grelhas

uma carcaça à terra se liberta

entro neste lento naufrágio
a pele derrete e amo degraus de cera
nos quais me ajoelho para rezar
à lâmina que as esponjas limpam

Porfírio Al Brandão
in episódios

5 Comments:

Blogger martim said...

pelo explicit, boas limpezas tens feito. abraço.

11:55 da tarde  
Blogger TMara said...

leio e deixo só um bj e :)

12:22 da tarde  
Blogger Mendes Ferreira said...

.....naufragar...para voltar a navegar. sobre o pico das palavras.


al....? bjo.

3:37 da tarde  
Blogger Mendes Ferreira said...

....(bora...) .....:)bjos.

9:52 da tarde  
Blogger petitechine said...

Me ajoelho, junto a você

1:35 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home