TUGAZOMBI

cadáver semi-frio com cereja na terceira narina

sexta-feira, novembro 11, 2005

VISITA

quem por fogo revolve a água solar sem julgamento?
quem entrará, navegando entre grades, na caverna
do deslumbramento?
quem por avalanche entrará no vitral montes acima?
montes de mim, pergunto – quem entrará no vitral
por avalanche, sem o mínimo sono labial?

brisa amena dentro de casa – irmã,
desfaz as arestas do pesadelo com o laser saudosista
escondido por entre as dobras deste céu.
quem soerguerá os barcos na maré solar, salvando-os
da tempestade? quem explicará sem derrame,
o pássaro de amor enforcado no arame?

arranquem-me o nome... descobri que num sorriso
de mulher
coelhos morrem, cobardes assassinam-se
entre si
por doçura doentia, sobre a palha estaladiça.
como render-me sem arma nos ombros da mulher
que morre com o assobio das almas por arder?
quem entrará por despejo rasgando os pulmões
desta página que bafejo?
por quem? com quem? em quem? cães
salivantes auscultam-me
a carne

Porfírio Al Brandão
in Iconocaptor
pré-publicação

5 Comments:

Blogger Mendes Ferreira said...

quem? quem vier por bem e souber desatar-te os abismos que te espreitam...ou quem por mal te devolver tudo desde o princípio....eu venho apenas abrir devagarmente a porta do silêncio. deito-me nele.e visito-te.ternamente.se tiveres tempo não me acordes. nunca mais....bjinho al melancolia...Porfírio.

11:30 da tarde  
Blogger Pinto Ribeiro said...

boa noite Kamarada...hoje folgas, né?...puetas....1 abraço.GRANDE.

7:48 da tarde  
Blogger hfm said...

Gostei muito deste questionar. Muito.

11:57 da manhã  
Blogger Rosario Andrade said...

... Porfirio! deixaste-me sem palavras... é tao lindo e intenso, tao cerzido de alma e entranhas...
Adorei!

Uma boa semana!
Abracicos!

9:43 da manhã  
Blogger C.S.A. said...

Quem, realmente?
Eu sento-me nestes vislumbres morosos escutando o silêncio.

1:02 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home