TUGAZOMBI

cadáver semi-frio com cereja na terceira narina

domingo, janeiro 08, 2006

sofrer. e tão grande o corpo que não chega.

Paul Cézanne (1868-69)

7 Comments:

Blogger Mendes Ferreira said...

mas as tuas palavras chegam. do outro lado do dia. onde tudo se torna claro.
magnifica e doridamente claro.




b.e.i.j.o.

12:57 da tarde  
Blogger Flor said...

desconhecemos o limite, proprio nosso, do sofrer, para uns parece que o corpo não chega para outros é grande demais.

2:20 da tarde  
Blogger petitechine said...

não existem armas para combater a liberdade de pensamento. Você é livre. Beijo sua frente.

4:45 da tarde  
Blogger petitechine said...

Caminhar
para descobrir do tanto ainda não descoberto.
para povoar suas retinas com o nunca antes percebido.
caminhar
para encontrar sons e aromas insuspeitos
presenteie a seus dedos o conhecimento cego de novas formas e texturas
detenha-se no sabor de cada coisa que leva a sua boca.
Cuide seus cinco sentidos.. que sua alma permanece a bom resguardo
Beijo suas pernas e seus pés

10:31 da tarde  
Blogger Mendes Ferreira said...

bom dia...:)

beijo.

10:09 da manhã  
Blogger martim said...

sempre muito vai aguentando. 1abraço.

10:17 da manhã  
Blogger petitechine said...

Leve, leve, muito leve,
Um vento muito leve passa,
E vai-se, sempre muito leve.
E eu não sei o que penso
Nem procuro sabê-lo.

12:17 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home