TUGAZOMBI

cadáver semi-frio com cereja na terceira narina

terça-feira, junho 06, 2006

Tríptico Pedro Homem de Mello

à barriga da árvore
.
acorrem assombrados dentes
.

e suplicam rangentes

musicam doentes

sempre crentes

no rebento que ela há-de parir

.

Porfírio Al Brandão in Sombras Ombreiam Lugares

7 Comments:

Blogger martim said...

tríptico soberbo que aquece a noite. obrigado, porfírio.

12:03 da manhã  
Blogger Mendes Ferreira said...

Pois.

a mim aquece-me a manhã...que ontem o bloguer esteve zangado...:)

nunca cansas de surpreender. não surpreendes o meu cansaço. fazes dele antes um prado onde me resguardo para melhor te "receber".


bom dia Al.

6:40 da manhã  
Blogger alice said...

posso subscrever o martim?

vim ver-te ontem à noite, mas já estavas a dormir sossegado

;)

gosto de ti

beijo-te

2:43 da tarde  
Blogger alice said...

ontem dei por mim a passar por ti, não vou dizer aonde, estavas de costas, viravas a cabeça, vias-me pelo canto do olho e algo nas cores da roupa te cambiava o tom do olhar, sorrias a meio da boca, torcias os lábios, nada dizias, eu parada na montra a decifrar as mensagens dos carros a passar no vidro, tão depressa, tão inútil, tão arrepiada na curva das pernas onde o teu olho bicudo furava, tão depressa, tão profundo, só a paragem do metro testemunha, e os sacos das compras encostados, asas de plástico no meio de nós, não te lembras?

beijos,

alice

9:59 da manhã  
Blogger pintoribeiro said...

Bom dia, abraço.

1:23 da tarde  
Blogger duendenery said...

os rebentos são a perseguição dos lugares altíssimos.e eu e o grau de equinócios fustigando a minha voz.

bjinhos mil

10:53 da tarde  
Blogger Samartaime said...

não viste...eu sei....ma lá no Piano tens há já muitos dias....um beijo muito especial....


________________________com incisões....

espero que gostes...como eu e outros gostaram.

6:07 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home