TUGAZOMBI

cadáver semi-frio com cereja na terceira narina

terça-feira, julho 25, 2006

UM ADEUS CHAROLÊS

a regra assassina salvaguarda que os pêssegos
sangram mais na calçada
superlativo tridimensional no qual
a bailarina esquizofrénica estica as sedas
para filtrar mucos aleijados ao seu mestre rezingão

também choram estes pêssegos ou simplesmente
assobiam esófagos
mas isso mero percalço num talvez aberto
a outros que um na sua vez chama
em tantas rajadas e apenas insólita uma transporta
cornelhos medicinais à fábula

adeus aos monstros mais fiéis que não perdoam
o facto de nunca terem sido emprenhados na
primeira lua do mês de nisã
todos estes anos
e sentem-se cada vez mais feios
não obstante o sacrilégio de recordá-los em ceia onírica
com os prodigiosos utensílios carnais
preservando sempre um horror bélico a tresandar a sexo feroz
que dá brilho ao maravilhoso amado
sito na cúpula d'húmus

um longo e antiquíssimo olá às estórias enviuvadas
com fiozinho de mentira agridoce
bem perto do caldeirão mágico onde sortidos fogos
determinam a altura dos degraus no próximo sonho

e já que reentro nos silos da prosperidade dos poros
como se jogasse às escondidas com as gavetas de dalí
um até já a ti freud
que és magno tarólogo de doutores rubricóides
com mãos sempre prontas junto às canetas de prata
armadilhadas à cintura

adeus por fim ao amor lavrado em pedra fria
com a sua irrepreensível queda silábica
para o abandono

Salvador Dalí (1938)

16 Comments:

Blogger Alberto velho said...

Adeus, escritor.

12:30 da manhã  
Blogger Mendes Ferreira said...

assim não vale....:)



este adeus é um regresso opulento!


bom dia Al-anjo!
beijos. mts.

8:48 da manhã  
Blogger pintoribeiro said...

Boa noite Porfírio, abraço.

8:25 da tarde  
Blogger Maria P. said...

Sabes depois de ler, apeteceu-me dizer com força: Bravo! Bravo!

Fica bem:)

11:03 da tarde  
Blogger AnaGarrett said...

Adeus a quem é de Deus.

1:29 da manhã  
Blogger martim said...

abraço.

8:52 da manhã  
Blogger alice said...

querido porfírio,

tenho vindo aqui sempre, sempre

mas houve algo, sabes, algo que me fez parar, mudar, cair e voltar

e já te li ante ontem, ontem e agora hoje e nada escrevi

o meu link está frio...

um grande beijinho

bom fim de semana

alice

7:04 da tarde  
Blogger duendenery said...

ouvir o "adeus charolês" no "sarau dos danados".quero repetir.

11:17 da manhã  
Blogger Mendes Ferreira said...

abracinho enorme!

:)
:)
:)

3:19 da tarde  
Blogger pintoribeiro said...

Abraços,

5:44 da tarde  
Blogger alice said...

querido porfírio,

espero que esteja tudo bem contigo

houve ali uma mudança estratégica que não correu bem e decidi sair de cena durante uns tempos...

um grande beijinho para ti... virei sempre visitar-te

beijinho grande,

alice

2:35 da tarde  
Blogger Maria P. said...

Mas foi adeus?!

4:09 da tarde  
Blogger Mendes Ferreira said...

beijo beijo beijo beijo!!!!!!!!!

10:36 da tarde  
Blogger duendenery said...

Porfírio...Porfírio... Post novo por favor!"El-Rei D.Sebastião"...volta!bjinho

9:15 da tarde  
Blogger Mendes Ferreira said...

noc noc noc



não podes deixar-nos assim : sedentos de ti.



beijos meu Al.

9:59 da manhã  
Blogger alice said...

quase um mês sem postar...

espero que estejas bem ;)

um grande beijinho

alice

2:09 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home